Início

sábado, 15 de janeiro de 2011

Parlamentares evangélicos querem barrar inseminação para gays


A Frente Parlamentar Evangélica promete que vai derrubar a resolução do Conselho Federal de Medicina (CFM) que permite a reprodução assistida a homossexuais. Os parlamentares evangélicos alegam que temas como este deveriam ser mais discutidos e tratados por lei - e não em uma resolução.

Presidente da Frente Evangélica, o deputado federal João Campos (PSDB-GO), que é delegado, já se manifestou avisando que “estou providenciando uma proposta de decreto legislativo para suspender os efeitos dessa resolução e recomendei a minha assessoria a possibilidade de alguma medida judicial”.

Essa medida judicial só vai ser tomada após a conclusão de um estudo encomendado pelo deputado para saber se há a possibilidade da suspensão. A resolução do CFM foi publicada no Diário Oficial da União no último dia 6.

Fonte: Mix Brasil

2 comentários:

Gui disse...

E depois vem me dizer que nós homossexuais somos desocupados...

adriano disse...

Eu e esse deputado estávamos num velório de uma tia em comum,até ele me cumprimentou, mas sabia que sua posição sobre homosexuais era ordinária, como ordinária foi a posição de uma mulher recem conhecida, dona de um hotel, dizendo q n gostaria q sua filha visse dois homens se beijando. Alienação sem medida.
Anderson Goiânia